Você está em:

CIRURGIA PLÁSTICA

Ginecomastia



Ginecomastia é o termo utilizado para designar o aumento benigno da glândula mamária masculina. O aumento do volume mamário de corrente apenas do excesso de gordura ( e não da glândula) é denominado pseudoginecomastia

Não é uma ocorrência incomum, podendo atingiraté 40% dos homens. Pode afetar uma mama, ou ambas. É mais frequente na adolescência mas em mais de 80% das vezes ela regride espontaneamente. Porém ao persistir na vida adulta pode trazer muito transtorno ao paciente principalmente der ordem psicológica.

A redução da mama , neste tipo de problema é feita pela remoção de tecido glandular ou da gordura. Homens que também tem excesso de pele, devem ter esta removida também para obter resultado mais estético.

Tipo de Anestesia:

Geralmente é utilizada anestesia local com sedação, em casos mais severos pode ser necessário a utilização de anestesia peridural ou geral.

Tempo de Internação:

Geralmente por 12-24h

Pós Operatório:

O paciente vai necessitar usar uma faixa compressiva por pelo menos 30 dias dependendo do caso pode ser necessário mais tempo. Deverá evitar tarefas físicas por 3 semanas, Deve-se evitar o sol no local da incisão por pelo menos 6 meses.

É comum edema e equimose (inchaço e rouxidão) no local da cirurgia por aproximadamente 14-21dias.

Complicações

Apesar de raras as que podem ocorrer decorrente do procedimento são: hematoma, infecção, abertura dos pontos, sofrimento de pele, queloides e cicatrizes hipertróficas (dependendo da predisposição do paciente).

Resultado Definitivo

Como em qualquer procedimento cirúrgico o resultado definitivo ocorrerá após o amadurecimento da cicatriz, absorção de todo edema e desaparecimento das equimoses o que já é bem evidente por volta de 2 meses, porém completo por volta dos 6 meses

Rua Petit Carneiro, 414 - Água Verde - Curitiba - PR | contato@annaclin.com.br

Dr Afonso Celso Alves de Melo – CRM PR 5220 – Diretor Técnico Médico